Festival Musimagem: O Maior Encontro de Trilha Sonora de Cinema do Brasil

A Associação Brasileira de Compositores para o Audiovisual (Musimagem), promove todos os anos, um festival, onde se encontram os principais compositores de trilha sonora e som de cinema do Brasil em Belo Horizonte, para um simpósio de música para imagem.

A edição deste ano acontece de 28 de setembro a 01 de novembro no Centro Cultural do Banco do Brasil em Belo Horizonte e conta com a presença de Ivan Lins, Ricardo Leão, Marion Lemonnier, Marcos Kuzka, Rodrigo de Marsilac, Noel Fernandes, Zé Neto e Alberto, Gilson Peranzetta.

O Festival Musimagem oferece concertos dos associados, participação da Orquestra Ouro Preto, palestras sobre trilha sonora e mercado, grupos de trabalho e mostras de filmes de animação e trilhas sonoras.

Temos como objetivo principal revelar ao público, dar destaque e valorizar, o papel do músico que compõe para o audiovisual, o que o torna co-autor da obra final.
Fundada em 2008, Musimagem Brasil tem diversos projetos culturais e eventos musicais em desenvolvimento, e encontra-se em constante crescimento. (Musimagem Brasil)

Tim Rescala apresentando a trilha sonora da novela “Velho Chico” da Rede Globo.

Para se inscrever nas atividades, acesse: http://festival.musimagembrasil.com/inscricoes

 

Anúncios

Tensão em Trilhas Sonoras: Clusters e Atonalidade por Rick Beato

Sabe aquele clima de tensão, que te deixa apavorado num filme onde nada acontece, e você simplesmente não sabe o porquê de estar com medo?
O produtor musical Rick Beato, demonstrando o uso dos efeitos “Clusters”, através de demonstrações explicando os conceitos e técnicas de harmonia funcional e atonal.
 Vale a pena conferir!
 

Screencast: Episódio 02 | Tema de Filme de Princesa

Está no ar o 2º episódio da série “Screencast”, uma novidade do Fábrica de Trilhas, que recentemente inaugurou seu canal do Youtube. É  um programa de composição de trilha sonora em tempo real.

O tema do segundo capítulo, é música de filme de princesa, seguindo um processo de criação diferente do primeiro episódio, onde a idéia bruta no piano, se transformou num tema complexo dentro do software de notação musical. Nesse caso foi diferente, o Noel foi gravando as ideias e montando um “Mockup”, que é um esqueleto já com idéias da orquestração pra então depois passar as linhas criadas no rascunho, e organizando essas idéias no software de notação.

O resultado final ficou bem interessante, e com uma pitada de humor deu ao video um clima gostoso de assistir.

Confira o vídeo:

 

Curta também nossa página no Facebook, pra ficar ligado nas novidades do Fábrica de Trilhas.

Screencast: Episódio 01 | Tema de Filme de Aventura

Primeiro episódio do programa Screencast. Composição de um tema musical em tempo real.

A temática do primeiro episódio é: Tema Épico de Aventura

Confira!

Acompanhe as novidades no Facebook, e se inscreva no canal do Youtube para ver mais conteúdo de trilha sonora.

Noel Fernandes: Um Tema para um Sonho

É uma questão de intuição, escutar uma trilha sonora marcante de algum filme conhecido, e reproduzir perfeitamente essa cena na sua mente. Mas e o contrário, como seria?

Eu, Noel Fernandes compus essa trilha musical, imaginando as etapas de um daqueles sonhos que as vezes temos, e inesquecíveis, onde podemos ir ao limite do impossível. Ter super poderes, ir a qualquer lugar no tempo e no espaço, voar e conhecer infinitos mundos e sensações. Para isso, a busca pela sinestesia, em transformar esses cenários imaginários numa trilha musical, foi nosso desafio essa semana.

Feita única e exclusivamente pra você, que acompanha o Fábrica de Trilhas, a música “Um Tema para um Sonho”.

A trilha começa com um movimento musical leve, e hipnótico, a passar a sensação de sonolência, a medida que vamos passando pelos estágios do sono e do sonho, a trilha crescente, no seu climax, quando acordamos em êxtase após um longo e inesquecível sonho.

No vídeo você ouve e assiste os movimentos musicais direto na partitura. Uma prévia do que está por vir no quadro #screencast, quadro a estrearmos no canal, onde será composta um tema de trilha sonora em tempo real.

Conheça mais o software de notação musical Musescore.

Inscreva-se em nosso canal, para acompanhar todos os videos inéditos Fábrica de Trilhas.

Fique ligado nas postagens do Fábrica de Trilhas através do Facebook, dê seu like, e acompanhe as novidades que estão por vir.

[NOVIDADE] Vem Aí o Quadro Screencast

Não perca a estréia do quadro #screencast!!!
Screencast é um quadro que vai mostrar em tempo real o processo de criação de uma trilha sonora.
O 1º episódio, será um tema de trilha sonora no estilo aventura.

Com a inauguração do canal Fábrica de Trilhas no Youtube, muitas novidades e quadros estão por vir.

Conteúdo INÉDITO no brasil!!

Fique ligado!! Se inscreva no nosso canal!! E se curtiu, clique em gostei e curta nossa página no facebook e acompanhe as novidades no blog.

Facebook: https://www.facebook.com/fabricadetrilhas

[novidade] Canal do FÁBRICA DE TRILHAS no Youtube

O blog fábrica de trilhas, acaba de inaugurar seu canal no youtube, onde serão publicados videos interessantíssimos e inéditos acerca desse assunto, principalmente no Brasil.

https://www.youtube.com/channel/UC_IivezoQ6TNokThHQdKgbg

O canal publicou um video, com uma pitadinha do que vem por aí, abrindo o quadro #trilhadrops, que será uma série de videos curtos de até 1 minuto com curiosidades e fatos.

Em breve, conteúdos interessantes, screencasts mostrando na prática os diferentes processos de composição, entrevistas, matérias e registros de making of’s de trilhas sonoras nacionais e internacionais, uma parceria com a produtora, Betafilms, uma subsidiária da Betamedia do Brasil.

O piloto do quadro #trilhadrops. Gravação das atmosféras do filme “Hugo, do outro lado da linha”, Filme dirigido por Bernardo Nielsen, jovem diretor mineiro. No vídeo, o compositor e sound designer Noel Fernandes e o músico Bruno Bentes, no estúdio Radiotape em Belo Horizonte.

O MERCADO DE TRILHA SONORA NO CINEMA INDEPENDENTE

O cinema independente no Brasil, vem ganhando espaço e vem conquistando os profissionais da comunicação a se aventurarem pelo mundo do audiovisual.

Os avanços na tecnologia, e a quantidade de produtos eletrônicos e novas mídias, têm crescido assustadoramente, e se popularizando. Com isso, áreas como direção de cinema, arte, pós-produção, captação de som, design e direção de fotografia tem conquistado o mercado, aumentando assim, a competitividade entre seus profissionais em cada área especifica, exigindo assim, maior competência dos profissionais na praça.

Já o mercado de trilhas sonoras, ainda é pouco explorado, principalmente no cinema independente. Primeiro, porque o polo industrial de cinema no geral, está nos EUA. Também, ainda é recente, no que se refere à música brasileira, compositores nacionais que se especializam em trilha sonora, para o mercado independente ou comercial de cinema.

No Brasil, poucos diretores se preocupam com a música inserida na narrativa como elemento dramático, o que torna necessário a contratação de um compositor para compor uma trilha inédita, respeitando o andamento dramático do filme, e usando os conceitos da psicoacústica para imergir o espectador através da música, no contexto da narrativa, além de poupar o expectador se se esforçar em se prender aos elementos dramáticos, como captar emoções e gerar expectativas com o propósito de deixar a narrativa mais intensa. 

No mercado independente brasileiro, há falta de profissionais, que criem e produzam música para filme, isso devido à baixa procura de diretores e produtores independentes, para poupar recursos ao investir em áreas que equivocadamente consideram mais importantes para a concepção do filme. A maioria desses trabalhos independentes, possui trilha com músicas de terceiros ja existentes, e raros os casos em que a trilha sonora é inédita ou em caso de terceiros mais raro ainda quando a mesma está em perfeita sincronia com o filme.

Antes, o processo de composição, era complicado e exorbitantemente caros. O compositor, geralmente criava os temas no piano e escrevia os arranjos para orquestra, necessitando assim, semanas de pré-produção, adaptando à partitura musical para a execução da obra sincronizada com os tempo do filme. Semanas de ensaio, meses de gravação.

Hoje em dia com um computador apenas, é possivel, criar e escrever idéias musicais em editores de partitura que reproduzem o que fora escrito, e então, gravar via MIDI através de um piano digital ou teclado controlador diretamente no computador, a partir de um software de gravação, utilizando samples e instrumentos virtuais, com uma qualidade absurda de timbres, articulações e dinâmicas, de instrumentos reais, bem realísticos.

Atualmente, isso pode ser feito em tempo real, já ajustando o andamento da música e as nuances, com o tempo do filme.

O que levaria meses, pode ser feito em poucos dias ou até horas, e também com custos centenas de vezes mais baixo.

Estúdio de trilha sonora

Mike Patti, é um compositor norte americano, criador do tema do “criança esperança”, criador de uma famosa marca de instrumentos virtuais “Cine Samples”, mostra um pouco do processo de criação . Veja o processo completo:

Criando e gravando um tema de ação de baixo custo:

https://www.youtube.com/watch?v=YkXxcFltjnU

Criando e gravando uma trilha sonora de alto custo:

https://www.youtube.com/watch?v=w7xqEY_ld3s

Ambos possuem muita qualidade, famosos compositores como Brian Tyler e Hanz Zimmer já aderiram à tecnologia.