Festival Musimagem: O Maior Encontro de Trilha Sonora de Cinema do Brasil

A Associação Brasileira de Compositores para o Audiovisual (Musimagem), promove todos os anos, um festival, onde se encontram os principais compositores de trilha sonora e som de cinema do Brasil em Belo Horizonte, para um simpósio de música para imagem.

A edição deste ano acontece de 28 de setembro a 01 de novembro no Centro Cultural do Banco do Brasil em Belo Horizonte e conta com a presença de Ivan Lins, Ricardo Leão, Marion Lemonnier, Marcos Kuzka, Rodrigo de Marsilac, Noel Fernandes, Zé Neto e Alberto, Gilson Peranzetta.

O Festival Musimagem oferece concertos dos associados, participação da Orquestra Ouro Preto, palestras sobre trilha sonora e mercado, grupos de trabalho e mostras de filmes de animação e trilhas sonoras.

Temos como objetivo principal revelar ao público, dar destaque e valorizar, o papel do músico que compõe para o audiovisual, o que o torna co-autor da obra final.
Fundada em 2008, Musimagem Brasil tem diversos projetos culturais e eventos musicais em desenvolvimento, e encontra-se em constante crescimento. (Musimagem Brasil)

Tim Rescala apresentando a trilha sonora da novela “Velho Chico” da Rede Globo.

Para se inscrever nas atividades, acesse: http://festival.musimagembrasil.com/inscricoes

 

Anúncios

Tensão em Trilhas Sonoras: Clusters e Atonalidade por Rick Beato

Sabe aquele clima de tensão, que te deixa apavorado num filme onde nada acontece, e você simplesmente não sabe o porquê de estar com medo?
O produtor musical Rick Beato, demonstrando o uso dos efeitos “Clusters”, através de demonstrações explicando os conceitos e técnicas de harmonia funcional e atonal.
 Vale a pena conferir!
 

Estréia: Quadro #screencast vai ao ar dia 25/04/16

Muito se falou, pouco se mostrou. Vamos estrear aqui, no dia 25 de abril, o esperado #screencast.
Screencast é um quadro que vai mostrar em tempo real o processo de criação de uma trilha sonora.
O 1º episódio, será um tema de trilha sonora no estilo aventura.

Fique ligado!! Se inscreva no nosso canal!! E se curtiu, clique em gostei e curta nossa página no facebook para acompanhar as novidades do blog.

Facebook
Youtube

[NOVIDADE] Vem Aí o Quadro Screencast

Não perca a estréia do quadro #screencast!!!
Screencast é um quadro que vai mostrar em tempo real o processo de criação de uma trilha sonora.
O 1º episódio, será um tema de trilha sonora no estilo aventura.

Com a inauguração do canal Fábrica de Trilhas no Youtube, muitas novidades e quadros estão por vir.

Conteúdo INÉDITO no brasil!!

Fique ligado!! Se inscreva no nosso canal!! E se curtiu, clique em gostei e curta nossa página no facebook e acompanhe as novidades no blog.

Facebook: https://www.facebook.com/fabricadetrilhas

MUSESCORE: UMA FERRAMENTA DE COMPOSIÇÃO GRATUITA

Softwares de notação musical, são ferramentas importantíssimas para compositores e editoras. Dentre eles destacamos Encore, Finale e o famoso Sibelius, porém estes, pagos.

O mercado de softwares freeware têm uma infinidade de programas e ferramentas na área de produção musical e composição, porém, nada muito profissional, ou de boa qualidade.

O musescore é uma plataforma gratuita, que mescla um poderoso software de notação musical, uma rede social de compositores ao redor do mundo, e uma núvem para armazenamento, e compartilhamento de composições e partituras.

O software possui uma poderosa interface, que conta com todas as ferramentas necessárias para composição e reprodução de partituras. Seu engine de áudio importa “soundfonts” externos, não se limitando apenas ao som MIDI do emulador wavetable do computador, Microsoft GS synth no caso do windows, e além disso, conta com um mixer fácil de mexer e efeito reverb.

musescore
Interface do Musescore

No video realizei diretamente no musescore, uma composição musical. Note a qualidade sonora dos soundfonts.

O Musescore, que já está na sua versão 2.0.2, não suporta nativamente instrumentos virtuais VSTi , como seus concorrêntes Encore, Sibelius e Finale, mas, a equipe desenvolvedora e criadora do Musescore, nos informou que é sim, possível trabalhar com instrumentos virtuais VSTi, utilizando uma ferramenta auxiliar chamada, “JACK Audio Connection”. Mas o simples fato de o Musescore aceitar bibliotecas de samples, no formato “soundfont” já é mais que suficiente para compor com inspiração e com qualidade sonora. Bibliotecas de soundfonts de excelente qualidade, como o Sonatina Symphonic Orchestra, SGM v2, Fluid R3, Arachno Soundfont são facilmente encontradas gratuitamente para download na internet, apesar de alguns bugs que detectamos, o software ainda está em fase de aprimoramento, e ainda sim, se mostra mais estável que concorrêntes renomados além de já vir com a bliblioteca Fluid R3 nativamente.

Musescore também é uma rede social voltada para músicos e compositores. A rede social Musescore é um ponto interessante, pois possibilita a interação entre compositores ao redor do mundo inteiro, para troca de experiências musicais, composições, opiniões e grupos de debates.

Com aproximadamente 200 uploads de partituras diáriamente, e a possibilidade de criar grupos de assuntos específicos, faz do musescore a maior plataforma virtual de compositores e acervo de partituras editáveis do mundo.

musescore
Grupo sobre Solos de Trompete

Para armazenar suas composições em uma conta free na nuvem virtual, você está limitado a 5 uploads apenas, e o preço da nuvem de US$7 por mês ou  US$ 50.00 por ano, lhe concede privilégios ilimitados, de upload e armazenamento na nuvem, mas apenas o software já permite salvar suas composições no computador sem restrições e com toda funcionalidade.

Vale a pena dar uma conferida em http://www.musescore.com e baixar o programa para testar.